Centro de Produções Técnicas


Agricultores lucram com minivegetais

Embora pequenos, os minivegetais apresentam alto valor comercial

Agricultores lucram com minivegetaisCultivar legumes e verduras tem se tornado um meio rentável de negócio na agricultura na orgânica. Afinal, os consumidores brasileiros procuram alimentos saudáveis e com diferencial, como minivegetais orgânicos. Estes têm conquistado um público considerável no país”, afirma Jacimar Luis de Souza, professor do Curso a Distância CPT Cultivo Orgânico de Hortaliças – Sistema de Produção em Livro+DVD e Online. Atualmente, os minilegumes e as mini-hortaliças têm obtido destaque no mercado nacional.

Os minivegetais apresentam aproximadamente dez centímetros de diâmetro ou comprimento. Embora pequenos, os preços dos minilegumes e das mini-hortaliças são altos. A minialface chega a R$ 70 o quilo e a minicenoura, a R$ 38 o quilo. “O alto valor comercial compensa a produtividade menor pelo tamanho reduzido”, afirma Marcos Tavares, assessor de diretoria da Fazenda Maria, localizada em Tatuí, interior paulista.

Como são colhidos, em sua maioria, precocemente, os minivegetais aumentam os custos de produção. Mas com o alto valor agregado, eles alcançam boa lucratividade. Os minilegumes são colhidos com 40 dias (70 dias os comuns). Já as miniverduras, como a minialface, são colhidas com 20 dias (40 dias as convencionais). A precocidade da colheita é uma das exigências do mercado consumidor.

Além disso, os minivegetais são cultivados sem adubos químicos nem herbicidas. O que aumenta ainda mais a sua valorização no mercado. Os minilegumes com maior saída são as minicenouras, as queridinhas dos chefs de cozinha internacionais, por serem uma tendência da gastronomia europeia. “Embora pouco comum em nosso país, os brasileiros também têm buscado vegetais em miniatura”, completa Tavares.

Foram cinco anos para se chegar a esse padrão mini de legumes e verduras. No momento, a Fazenda Maria tem produzido mensalmente uma tonelada de minilegumes e 400 quilos de minialface. Segundo Tavares, eles pretendem potencializar a produção e desenvolver novos minivegetais, como minimilho. Mesmo porque os consumidores têm procurado, cada vez mais, alimentos gourmet e os minivegetais são perfeitos!

Fonte: canalrural.com.br

Conheça os Cursos a Distância CPT, constituídos de Livro+DVD, e Cursos Online, da Área Agricultura Orgânica.

Deixe Um Comentário

Marque a caixa abaixo para validar seu comentário