Dicas para plantar bucha ou esponja vegetal para vender

O plantio de bucha deve ser realizado em solo com boa drenagem, alta fertilidade e pH entre 6,0 e 7,5

Dicas para plantar bucha ou esponja vegetal para vender

A bucha é uma trepadeira asiática pertencente ao gênero Luffa. Seus frutos maduros e secos são utilizados como esponja vegetal. Entretanto, a esponja de qualidade superior é produzida pela espécie Luffa aegyptiaca. Não é mera coincidência que esta é a variedade mais cultivada no mundo com essa finalidade. Para o sucesso do cultivo, alguns cuidados devem ser seguidos para que a planta produza mais e com qualidade.

Clima e luminosidade


A bucha é uma planta característica de clima tropical ou subtropical, que se desenvolve melhor em regiões com temperaturas e umidade relativa do ar elevadas. O ideal é que as temperaturas ultrapassem 16°C embora existam cultivares de bucha adaptadas a climas mais frios. Entretanto, ainda assim, essa trepadeira deve ser exposta a altas temperaturas, por vários meses, ao longo do ciclo. Quanto à luminosidade, a planta requer algumas horas de luz direta do sol por dia.

Solo e irrigação


O plantio de bucha deve ser realizado em solo com boa drenagem e alta fertilidade. Além disso, o solo deve apresentar boa carga de matéria orgânica e pH entre 6,0 e 7,5. Quanto à irrigação da bucha, ela deve ser realizada de modo a manter o solo úmido (nunca encharcado).

Plantio


A propagação de bucha ocorre por sementes tanto em local definitivo como em copinhos de papel jornal ou saquinhos próprios para mudas. Nesse caso, as mudas de bucha devem ser posteriormente transplantadas quando apresentarem de 3 a 6 folhas verdadeiras. As covas para plantio devem possuir de 25 a 50 centímetros de diâmetro e devem ser adubadas (o solo removido deve ser misturado ao adubo antes de cobrir a cova.

Em cada cova, devem ser depositadas de duas a cinco sementes a uma profundidade de 2 ou 3 centímetros. Quando as mudas atingirem 10 centímetros de altura, as mais fracas devem ser descartadas (por cova devem permanecer apenas uma ou duas plantas vigorosas). Quanto ao espaçamento, ele depende da variedade de bucha cultivada e pode variar de 2 x 2 metros a 5 x 5 metros.

Tratos culturais


Como a bucha é uma trepadeira, ela necessita de suporte para conduzir o seu crescimento. Podem ser utilizados cercas, espaldeiras ou caramanchões, onde as gavinhas consigam se fixar facilmente. Esses suportes devem ser resistentes para uma adequada sustentação das ramas e dos frutos.

Principalmente nos primeiros meses de desenvolvimento da bucha (crescimento lento), as plantas daninhas devem ser removidas para que não concorram com ela por água e nutrientes.

Para a polinização das flores e a formação dos frutos da bucha, na área de cultivo, deve haver insetos polinizadores, como as abelhas. Caso contrário, a polinização deve ocorrer, manualmente, com o auxílio de um pequeno pincel com cerdas macias.

Colheita


A colheita de bucha ocorre após quatro meses do plantio. Em alguns casos, dependendo da variedade, das condições de cultivo e de outros fatores, as buchas são colhidas mais de seis meses após o plantio.

Conheça os Cursos CPT da Área Agroindústria:

Cultivo de Urucum e Produção de Corantes Naturais

Produção de Brotos Comestíveis

Processamento de Mandioca - Polvilho Azedo, Fécula, Farinha e Raspa

Fonte: hortas.info

Por Andréa Oliveira

 

Andréa Oliveira 04-11-2021 Agroindústrias

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.