Conheça as principais práticas do cultivo orgânico

No cultivo orgânico, o solo deve receber uma cobertura vegetal morta ou vegetação nativa

Conheça as principais práticas do cultivo orgânico

“O sistema orgânico de produção exclui o uso de fertilizantes e agrotóxicos, para a produção vegetal. Na verdade, o cultivo orgânico tem como princípio a reciclagem dos recursos naturais e o enriquecimento do solo com matéria orgânica e microrganismos, considerando que este é o único caminho que pode tornar a exploração agrícola duradoura e racional”, afirmam Kunio Nagai, Newton S. Miyasaka e Shiro Miyasaka, professores do Curso a Distância CPT Agricultura Natural em Livro+DVD e Online.

Conheça as técnicas usadas no cultivo orgânico:

Cobertura, manejo e preparo do solo


No cultivo orgânico, o solo deve receber uma cobertura vegetal morta ou vegetação nativa. O importante é que o solo jamais fique descoberto. O manejo do solo deve respeitar as riquezas da região, tanto a fauna como a flora. Na verdade, a agricultura orgânica considera o solo como um ser vivo, que deve ser respeitado. Mesmo porque os recursos naturais não são inesgotáveis e precisam ser preservados.

Em relação ao preparo do solo, o cultivo orgânico segue o sistema de mecanização conservacionista. Por meio dele, o agricultor orgânico evita que o solo seja movimentado excessivamente, além de impedir a sua compactação. Para preservar as condições biológicas, químicas e físicas do solo, são utilizados o sistema de plantio direto, ou ainda plantas com raízes fortes.

Adubação e correção do solo


A adubação orgânica não utiliza fontes sintéticas solúveis de nitrogênio, como supersimples, supertriplo e nitrato de potássio. Além disso, a adubação mineral complementa a adubação orgânica. Mesmo porque quando o solo é rico em matéria orgânica, ele apresenta potencial para tornar os minerais existentes assimiláveis pelas plantas. Quanto ao pH do solo, ele deve permanecer entre 6,0 e 6,5.

Quando há deficiência de cálcio e magnésio, por exemplo, é preciso realizar a correção do solo. O mesmo vale para solos com problemas de acidez. Eles devem ser corrigidos após análise laboratorial. Geralmente, na agricultura orgânica, o solo é corrigido com adição equilibrada de calcário.

Manejo de irrigação


A qualidade da água é fator determinante para o cultivo orgânico. A água deve ser de boa procedência, sem vestígios de elementos químicos e biológicos. Por esse motivo, antes de irrigar as plantas, a água deve passar por análise. O uso racional da água também é uma tendência na agricultura orgânica, que prevê a produção sustentável. Tudo deve ser criteriosamente planejado para evitar desperdícios.

Manejo das plantas daninhas


De acordo com a agricultura orgânica, as ervas daninhas não devem ser eliminadas, mas sim bem manejadas. Mesmo porque elas aumentam a biodiversidade local, além de oferecer cobertura e sustentação natural ao solo. Sem falar que as plantas invasoras ajudam a evitar o processo de erosão graças à força de suas raízes.

Conheça os Cursos a Distância CPT, constituídos de Livro+DVD, e Cursos Online, da Área Agricultura Orgânica.

Leia o artigo "Vantagens da agricultura orgânica".

Fonte: sabernarede.com.br

Andréa Oliveira 05-11-2018 Agricultura Orgânica

Faça já o Download Grátis

Download brinde Manual para Tornar sua Produção Orgânica

Basta preencher os campos abaixo para receber o material por e-mail:

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.