Centro de Produções Técnicas


Deliciosa receita de creme de pequi

 

Com aroma perfumado e sabor levemente ácido, o creme de pequi pode ser utilizado no preparo de molhos, tortas e risotos

Deliciosa receita de creme de pequi

O pequizeiro (Caryocar brasiliense) produz um fruto conhecido como pequi, amêndoa-de-espinho ou pequerim. Encontrado no Goiás, no Mato Grosso e em Minas Gerais, muitas são as receitas preparadas com esse fruto exótico, típico do cerrado. Do pequi, podem surgir polpa, licor, conserva, doce e creme. O creme de pequi é preparado com a polpa do pequi cozida e batida. Com aroma perfumado e sabor levemente ácido, o creme de pequi pode ser utilizado no preparo de molhos, tortas e risotos.

O nome do fruto vem do tupi py e qui (casca e espinho). A semente do fruto é coberta com polpa e espinhos finos bem superficiais. Sua colheita acontece entre novembro e fevereiro. Depois de colhido, o pequi dura apenas três dias. Portanto, retirar a polpa para congelar e fazer conservas são uma opção de aumentar sua durabilidade (conserva – até três anos).

Rico em vitaminas A, C e do complexo B, além de carotenoides, cálcio, ferro, fósforo, sódio e proteínas, o pequi deve ser consumido com moderação, pois apresenta grande teor de gordura. Em geral, o fruto é encontrado em mercados municipais ou empórios de produtos regionais. Na compra, verifique a tampa do vidro da conserva (não pode estar estufada nem enferrujada). Se for na forma de creme, este deve apresentar cor amarelo escura.

Se conseguir comprar o pequi in natura, descasque-o com cuidado. Lembre-se dos espinhos!  Leve as sementes para cozinhar por 30 minutos. Deixe esfriar e raspe a polpa com uma colher. Bata, no liquidificador, com água. Para 100 gramas de polpa, são necessários 50 ml de água.

Receita de creme de pequi

Ingredientes:

->2 litros de leite integral;
->3 colheres (sopa) de óleo de girassol;
->2 vidros de pequi em conserva;
->2 colheres (sopa) de manteiga ou margarina;
->4 colheres (sopa) de farinha de trigo (aproximadamente);
->8 dentes de alho amassados;
->2 cebolas picadinhas;
->Pimenta-do-reino, noz-moscada e sal (a gosto).

Modo de fazer:

Refogue metade do alho e da cebola na manteiga. Junte a farinha de trigo para tostar. Retire do fogo e adicione o leite, a pimenta-do-reino, a noz-moscada e o sal. Volte ao fogo baixo até engrossar. Lembre-se de mexer, sem parar, com o auxílio de um fouet, para não empelotar. Reserve.

Doure a outra parte da cebola e do alho. Adicione o pequi em conserva. Antes, ele deve ser lavado para retirar o líquido da conserva. Refogue até ficar macio. Deixe esfriar. Bata o pequi refogado no liquidificador. Junte ao molho branco e leve ao fogo novamente até ficar um creme homogêneo.

O creme de pequi é excelente como acompanhamento de frango e carne de porco.

Fontes: Caras Online e Mundo Mulher (com adaptações).

Deixe Um Comentário

Marque a caixa abaixo para validar seu comentário