Centro de Produções Técnicas


Brasileiríssima cachaça conquista Alemanha

A cachaça brasileira tem sido reconhecida mundialmente, em especial nos países europeus, como a Alemanha

Brasileiríssima cachaça conquista Alemanha

“A cachaça brasileira é a bebida alcoólica de maior produção no mundo e a preferida por pessoas de diferentes classes sociais tanto no Brasil como no exterior. Quando obtida a partir do cultivo orgânico da cana e com alto padrão de qualidade em seu processo, ela se torna uma excelente opção de renda para o pequeno produtor”, afirma Marcos Vacaro, professor do Curso a Distância CPT Produção de Cachaça Orgânica, disponível nos formatos em Livro+DVD e Online.

Não foi coincidência que, em 18 de fevereiro, na Alemanha, na maior feira de orgânicos do mundoBiofach 2017, a brasileiríssima cachaça mostrou força como um excelente produto da agroindústria brasileira.  Muitas agroindústrias, produtoras de cachaça no Brasil, puderam participar do evento por preencherem os requisitos exigidos pelos países europeus. Dentre eles, o certificado de origem orgânica.

A feira tornou possível a expansão comercial das cachaçarias brasileiras, como a cooperativa gaúcha Weber Haus. Graças ao evento internacional, a empresa fechou negócio com a rede alemã Metro, considerada a quarta maior em âmbito mundial. Além da qualidade da cachaça orgânica, a comunicação com a verejista alemã foi um ponto positivo para fechar negócio. Segundo Denise Hörlle, representante da Weber Hauss, falar alemão foi um dos diferenciais para conquistar o público.

A cachaça orgânica branca tem sido o produto com maior exportação e pode chegar a 25 euros para o consumidor final. Entretanto, na feira Biofach, a cachaça orgânica envelhecida em barris de carvalho ganhou destaque. A versão da cachaça requintada é mais valorizada e pode alcançar 35 euros, o que aumenta o faturamento da cooperativa brasileira Weber Haus. Sem falar no reconhecimento da qualidade dos produtos pelo consumidor alemão.

Fonte: Canal Rural.

Deixe Um Comentário

Marque a caixa abaixo para validar seu comentário